Papa Francisco explica o significado da misericórdia






O Papa Francisco iniciou nesta quarta-feira, em seu tradicional encontro com os peregrinos no Vaticano, um ciclo de catequeses sobre a misericórdia, tema ao qual a Igreja Católica dedica este ano especial, chamado Jubileu.


Francisco explicou que no livro do Êxodo, o Senhor se apresenta como “Deus misericordioso”. Com esse nome, Ele nos revela seu rosto e seu coração, rico em clemência e lealdade. Ele tem compaixão, está sempre disposto a acolher, a compreender e a perdoar, como o Pai com o seu Filho pródigo.
A própria palavra ‘misericórdia’ evoca um comportamento de ternura. O termo em hebraico, usado na Bíblia, significa entranhas, e faz pensar no amor visceral materno. Deus está disposto a amar, proteger e ajudar, dando-Se todo por nós.

A paciência de Deus

Outra virtude deste Deus misericordioso, disse o Papa, é que é “vagaroso na ira”, isto é, tem grande capacidade de suportar; Ele sabe esperar, não é impaciente como os homens. Citando o Evangelho de Marcos, na parábola do joio e do trigo, Francisco explicou que Ele é como o agricultor que sabe esperar, deixa crescer o bom trigo e, por amor dele, não arranca sequer o joio.
E enfim, o Senhor se proclama “grande no amor e na fidelidade”, exclamou o Papa, exaltando a beleza desta definição.

“Aqui está tudo, porque Deus é grande e poderoso, e o expressa no amor, no carinho, na graça e na bondade. É o amor que dá o primeiro passo, não depende dos méritos humanos, mas de uma imensa gratuidade. Nem o pecado o detém, porque seu amor vai além e sabe vencê-lo e perdoá-lo.
Amor, fidelidade, piedade



Sua fidelidade – última palavra da revelação de Deus a Moisés – também dura para sempre, não dorme nem cochila. Deus está sempre atento, é o guardião que “nos protege quando saímos e quando entramos, desde agora e para sempre”, completou Francisco, citando o Salmo 121.
Assegurando que Deus é totalmente e sempre confiável, o Papa terminou o encontro auspiciando que neste Jubileu da Misericórdia, nós nos entreguemos a Ele, experimentando a alegria de sermos amados por este “Deus misericordioso e piedoso, lento na ira e grande no amor e na fidelidade”.


(Com Rádio Vaticano)

Comentários

Frases da Conquista

Frases da Conquista
Aprenda a Conquistar Qualquer Homem com Apenas Algumas Simples Frases!

CASAMENTO DE SUCESSO

Postagens mais visitadas deste blog

Deus só tira algo de nós se for para dar algo melhor ainda

Amor de verdade a gente conserta, não joga fora.

Diferenças entre GOSTAR, ESTAR APAIXONADO e AMAR