Um menino escreveu ao papa pedindo orações pela sua tia doente – e Francisco lhe telefonou!





Preocupado com o estado de saúde da tia, um menino da paróquia de São Nicolau de Mendicino, na região italiana da Calábria, escreveu ao papa Francisco e pediu que ele rezasse por ela (Tgcom.it, 28 de dezembro).

Embaraço e felicidade

Passava um pouco das 6 da tarde quando tocou o telefone na casa do pequeno. A mãe atendeu. “Alô!”. Na outra ponta da linha, o Santo Padre respondeu, provocando alguns segundos de surpresa e embaraço – logo superados e transformados numa conversa repleta de emoção e familiaridade (Agensir, 28 de dezembro).
Orações

Conforme o relato dos pais ao pe. Enzo Gabrieli, pároco e editor do semanário “Palavra de Vida”, da diocese de Cosenza-Bisignano, o Santo Padre perguntou sobre a saúde da tia e garantiu as suas orações por ela e pela família. O pároco manteve reserva sobre a identidade da família.
O mais lindo presente de Natal

“Foi o melhor presente de Natal que já recebemos na vida num momento de provação”, disse o casal, estendendo à comunidade esta grande notícia como “um presente grande demais” para ficar apenas com a família.

E outra ligação de solidariedade


Esta ligação do papa Francisco para a Calábria fez barulho na região, mas não foi a única do Santo Padre nestes últimos dias. Na tarde do dia de Natal, o papa também ligou sem aviso prévio para a família de Sergio Meraviglia, empresário da região de Monza que morreu em 24 de dezembro de um câncer fulminante. O telefonema, informal e afetuoso, foi para manifestar condolências e solidariedade.

Coisas do papa Francisco. Coisas de cristão.


Via: Aleteia

Comentários

CASAMENTO DE SUCESSO

Reconquista Perfeita

Reconquista Perfeita
Este GUIA pode ajudar à RECONQUISTAR o EX de uma mulher.

Frases da Conquista

Postagens mais visitadas deste blog

Ana Paula Valadão profetiza, ao som de tambores, o fim da Igreja Católica

Valdemiro Santiago comemora morte de Marcelo Rezende na TV

Gritos e choro levam polícia à casa de dois idosos – e o motivo parte o coração

Tenho mais de 35 anos, estou solteira, mas não estou disponível para sexo casual